top of page

CASA
PORTO

CULTURAL

franca.jpg.webp

Localizada as margens do belo Rio de Contas, a Casa Porto Cultural surge com a intenção de criar um ponto de cultura e de troca de saberes entre os moradores das comunidades do entorno da Pedra do Sabiá. 

 

O objetivo central do projeto é oferecer o acesso gratuito as atividades artísticas, esportivas e manuais para crianças e adultos, afim de estabelecer relações humanas qualitativas, compartilhar visões de mundo mais amplas e enaltecer a cultura brasileira.

IDEALIZADORES

Vídeo - Graziela Soares

Dom & Danaé, artistas franco-brasileiros, são os idealizadores do projeto de arte, educação e integração CASA PORTO CULTURAL. Em 2019 fundaram a associação Brasil Sunshine com o objetivo de criar uma ponte cultural entre a França e o Brasil. Depois de 7 anos de realizações e diversos projetos musicais, teatrais, literários e pedagógicos na França, eles sentiram a necessidade de elaborar uma ação cultural em sinergia com a Pedra do Sabiá e a associação Rosa dos Ventos afim de beneficiar a população (crianças e adultos) da margem do Rio de Contas no município baiano de Itacaré. 

Danaé, dançarina, acrobata, cantora, compositora e administradora realizou uma volta ao mundo para aprender danças típicas de diversos países, com o desejo de dialogar com culturas internacionais através da arte. Francesa de nascimento e brasileira de coração, morou 10 anos no Rio de Janeiro, cidade inspiradora que revelou o seu dom de compor e cantar.  

Danaé-Sofar Sounds cópia.jpg

Músico, multi-instrumentista, produtor musical, compositor, e cantor, Dom é carioca da gema. Traz em suas veias a música brasileira exercendo-a de maneira contemporânea, incorporando diferentes influências com a sutileza de preservar a essência dos gêneros tradicionais. Suas composições originais e seu sorriso inconfundível agradam por onde passam, cativando públicos internacionais.

Essa mistura Communication by Kyekyeku.jpg

PEDRA DO SABIÁ

IMG_2547.jpg

A Pedra do Sabiá está localizada em plena Mata Atlântica, nas margens do Rio de Contas, a 18 km de Itacaré no sul da Bahia. É uma fazenda de produção agroflorestal de cacau orgânico, uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), que conta com uma excepcional biodiversidade.

 

O maior propósito da fazenda é de ser um espaço sustentável em harmonia com os ciclos naturais, produzir alimentos de qualidade, acolhendo visitantes, voluntários e eventos que estejam alinhados com nossa proposta.

ATIVIDADES

MÚSICA

Aulas de cavaquinho, violão, teoria musical, canto coral

 

ESPORTE 

Aula de natação e capoeira

 

ARTES MANUAIS

Cursos de costura, artesanato

  

EXPRESSÃO CORPORAL

Dança, circo, teatro

  

ATIVIDADES CULTURAIS

Projeção de filmes, leitura, contação de história, aulas de francês

As aulas de cavaquinho, violão, teoria musical e atividades manuais serão realizadas na sede da Casa Porto cultural, as aulas de Natação serão realizadas no Lago e as aulas de Capoeira, dança, teatro e circo serão realizadas nos Domos (ou sala de prática) da Pedra do Sabiá. 

 

Todas as atividades serão programadas e organizadas em função da disponibilidade dos alunos, mediadores e dos espaços. Afim de facilitar o acesso de todos, o projeto disponibilizará, em horários pré-estabelecidos, um barco de 5 lugares para transportar as crianças participantes. 

DOAÇÕES

Atualmente a sede da CASA PORTO CULTURAL necessita de pequenas reformas e ajustes em suas dependências e precisará contar com a aquisição de materiais básicos para a cozinha, biblioteca, sala de leitura, sala de aula, banheiro, área de recreação, assim como materiais essenciais para a realização de todas as atividades propostas. Todos os custos fundamentais para o início do projeto serão orçados e apresentados as pessoas físicas e/ou jurídicas interessadas em colaborar financeiramente com o projeto. Doações de materiais (livros e instrumentos) serão bem-vindas, desde que os mesmos estejam em bom estado e respondam a lista de necessidades do projeto. 

Todas as doações serão minuciosamente gerenciadas por uma equipe administrativa responsável pela transparência das receitas e despesas geradas durante toda a existência do projeto.

 

Nos seus primeiro(s) ano(s) de existência a CASA PORTO CULTURAL dependerá exclusivamente de doações da iniciativa privada para começar suas atividades. Após essa fase de incubação, o projeto poderá se inscrever em editais de fomento a cultura nos âmbitos municipal, estadual ou federal.  

CONTATOS & INFORMAÇÕES

Danaé Dugardyn

+33 6 79 84 09 91

 

Dom Oliveira

+33 6 79 84 06 69

 

Hugo Willicot de Ricquesen

+55 73 9 9965 1031

 

E-mail

casaportocultural@gmail.com

Instagram

www.instagram.com/casaportocultural

bottom of page